Como enviar carta social é barato e praticamente de graça

|

Para quem não sabe o que é a carta social e do que se trata, preparamos um super artigo explicando tudo sobre o assunto e as vantagens de utilizado e assim conseguir enviar sua carta de *graça.


Alguns dias atrás eu escrevi um post com dicas de como preencher o envelope para enviar uma carta, e hoje vou deixar uma dica bem interessante, que acredito que muita gente ainda não sabe, que são as cartas sociais.

Pois bem a carta social é um serviço criado pelos Correio, destinada exclusivamente às pessoas físicas (remetente e destinatário), com o objetivo de facilitar o acesso aos serviços postais às camadas menos favorecidas de nossa população.

Para você ter uma idéia o envio de uma carta social custa apenas R$ 0,01, isso mesmo custa apenas 1(um) centavo de real, o que é praticamente de graça para não dizer que é de graça não é mesmo?

Mas claro que existem algumas regras para o envio de uma carta social, que são os seguinte:

1. postagem máxima de 5 (cinco) objetos por remetente;
2. limite máximo de peso igual a 10(dez) gramas;
3. endereçamento (remetente e destinatário) efetuado de forma manuscrita;
4. mensagem envelopada, não se admitindo utilização de envelope tipo “data-mailer”, com janela, com timbre de pessoas jurídicas ou com inscrições promocionais impressas no envelope. É admitida a utilização de envoltório por dobramento de papel (invólucro obtido mediante dobras de uma única folha de papel ou confeccionado pelo próprio remetente).
5. menção “carta social” aposta pelo remetente no canto inferior esquerdo do anverso do envelope, acima das quadrículas reservadas à indicação do CEP;
6. franqueamento realizado por meio de selos ou estampa de máquina de franquear;
7. não utilização de qualquer serviço adicional ou acessório;
8. remetente e destinatário devem ser pessoas físicas;
9. entrega em âmbito nacional;
10. tratamento de objeto urgente.

Fonte:Correios

Atualização-Quem pode enviar carta social

Recentemente estava nos Correios e li um aviso que esta fixado na parede falando sobre o benefício da carta social, e a partir de agora somente pessoas que são beneficiadas pelo bolsa família podem utilizar o serviço de carta social, sendo necessário ainda apresentar o cartão de beneficiário do bolsa família para assim poder realizar o envio da carta social ao custo do simbólico 1 centavo.

Bem, agora que você já sabe quem pode enviar e receber uma carta social, quais as regras para o envio e o preço um carta social vamos ao que interessa, que é como enviar uma carta social e pagar apenas 1 centavo.

Pois bem, para enviar uma carta social não existe segredo, basta seguir as regras citadas anteriormente preencher o envelope(CEP,Destinatário e Remetente) manualmente como de costume, e citar na frente do envelope a frase “carta social”, conforme orientado no item 5(acima), se dirigir até uma agência dos correios mais próximas e postar a sua carta, é claro sem esquecer de pagar 1 centavo, ou então colar um selo no valor de R$ 1,00.

Espero que este post seja útil a você que não conhecia a carta social ainda e que possa utilizar esse serviço dos correios da melhor maneira possível, qualquer dúvida é só deixar seu comentário.



Navegue:
Um comentário

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *