Ctrl + alt + seta para baixo

|

Combinação de teclas acaba gerando resultado inesperado, especialmente entre os mais leigos, conheça neste artigo o que faz essa combinação de teclas e como reverter a situação.


Quem utiliza computadores a mais tempo ou já possui alguma experiência sabe muito bem que o sistema operacional e os aplicativos em geral, possuem teclas de atalho, onde geralmente requer uma combinação de teclas para executar tal função, um exemplo clássico são as teclas de atalho do Word, como copiar(ctrl c), cola(ctrl v), desfazer(ctrl z), etc.
internet-computadores
As teclas de atalho exercem papel fundamental na otimização de algumas funções que são muito utilizadas, economizando assim tempo e aumentando a produtividade.

Porém o que muitas pessoas desconhecem, especialmente as mais leigas, é que o seu sistema operacional Windows, esta cheio e repleto de teclas de atalho que combinadas mudam configurações, executam tarefas, e muito mais, e tais combinações causam efeitos inesperados, e com isso são utilizadas até mesmo para aplicar “pegadinhas” pelos que conhecem um pouco mais do assunto, e um exemplo disso esta na combinação das teclas Ctrl + alt + seta para baixo.

Ctrl + alt + seta para baixo o que acontece?

Ao pressionar essas três teclas juntas, a tela do seu monitor vai simplesmente vira de “ponta cabeça”, e não adianta nem mesmo reiniciar ou desligar o seu computador, que o “problema” irá continuar”, e é neste momento que pessoas mais leigas que estão iniciando agora no mundo da informática acabam entrando em pânico, pois acham que aconteceu algo muito ruim, ou até que estragaram o equipamento, mas então relaxa, basta executar o comando Ctrl + alt + seta para cima para que a tela volte a sua posição original, como é explicado no vídeo abaixo.

Então, fica a dica, quando algum engraçadinho pedir para que você aperte Ctrl + alt + seta para baixo, saiba que ele esta simplesmente pedindo para que você execute um atalho do seu sistema operacional que faz com que a tela acabe sendo invertida, somente isso nada mais!



Navegue:
Um comentário

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *