Furacões-Tufões-Tornados e Ciclones

Confira em vídeo neste artigo alguns dos mais assustadores e poderosos fenômenos da natureza como furações e tornados e suas diferenças.

O assunto hoje aqui no TudoLink são fenômenos naturais, afinal um tornado gigante atingiu Oklahoma no EUA, com ventos de mais de 300km/h o tornado devastou diversas áreas e infelizmente acabou tirando a vida de inúmeras pessoas.

E como trata-se de um fenômeno natural, existe diferenças entre furações, tufões, tornados e ciclones, e nas próximas linhas vamos comentar mais a respeito de cada um desses fenômenos que assustam e assombram as pessoas por onde passam.

Vamos saber agora o que se trata cada um deles:

Ciclones:
É uma região em que o ar relativamente quente se eleva e favorece a formação de nuvens e precipitação. Por isso, tempo nublado, chuva e vento forte estão normalmente associados a centros de baixas pressões. A instabilidade do ar produz um grande desenvolvimento vertical de nuvens cumuliformes associadas a cargas de água.
Como exemplo de ciclones podemos citar os sistemas frontais, os tornados e os furacões.

Furações:
É um tipo de sistema de baixa-pressão que geralmente se forma nas regiões trópicas, onde constitui uma parte importante do sistema de circulação atmosférica ao mover calor da região equatorial para as latitudes mais altas.

Tornado:
tornadosÉ um pequeno, porém, intenso redemoinho de vento, formado por um centro de baixa pressão durante tempestades. Se o redemoinho chega a alcançar o chão, a repentina queda na pressão atmosférica e os ventos de alta velocidade (que podem alcançar mais de 350 km/h) fazem com que o tornado destrua quase tudo o que encontrar no meio de seu caminho.

Vídeo Tornado Outbreak Oklahoma Kansas Chasers 1991

O inicio-nascimento de um tornado:

São belas as imagens dos filmes acima, porém são realmente assustadoras, afinal a força da natureza é surpreendente e sabemos que basta ela querer rigorosa para acabar com tudo e todos.



Navegue:
107 Comentários

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *