“JUBA” o Sniper Iraquiano

Um sniper iraquiano chamado de JUBA tem tirado o sono das tropas estrangeiras no Iraque, pois além de atacar soldados ele divulga na internet suas ações.



Enquanto milhares de pessoas fazem uma manifestação em Londres pedindo a retirada das tropas inglesas do Iraque, vários soldados americanos e britânicos estão morrendo todos os dias em terras iraquianas.

Eu havia assistindo algum tempo atrás no youtube o vídeo de um sniper(franco-atirador) iraquiano chamado de “Juba”, para muitos um héroi no Iraque, porém esses vídeos foram retirados do youtube, provavelmente a pedido do governo americano, ou devido a questão do teor destas imagens, que são realmente muito fortes, mas ainda é possível encontrar esses vídeos em inúmeros outros locais da internet.

As imagens são um tanto quanto chocante e faz a gente refletir um pouco melhor sobre a palavra guerra que trás tanto sofrimento e tristesa a toda humanidade.

É difícil para nós que estamos fora e longe do Iraque, entender os motivos que levam um “Juba”, atacar soldados americanos, mas as vezes acredito que na verdade eles, os snipers, querem mais é defender o seu país, é mesma coisa que ter uma invasão aqui no Brasil, com soldados de outros países, vasculhando as nossas ruas, as nossas casas, com certeza seria uma situação revoltante, e acredito que muitas pessoas iriam querer defender o que é seu, assim como muito iraquianos fazem até hoje contra soldados americanos.

Mas claro, espero que isso nunca acontece em nosso pais, e para nós pobres mortais, resta orar e torcer, para que um dia chegamos a paz mundial, um dia onde nenhum país estará em guerra ou lutando contra outra nação, destruído construções e vidas humanas.

Por isso paz ao mundo e que um dia toda essa violência tenha um fim, e quem sabe um dia todas as pessoas de todos os povos, independente da etnia, credo ou país reflitam que somos todos iguais que vivemos de passagem neste mundo e que não levamos nada desta vida terrena!

AMEM!


Navegue:
15 Comentários

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *