Mecanismos de busca na rede mundial de computadores, a importância de estudar o Google

|



Sendo o Google o maior e mais importante mecanismo de busca, é importante saber como ele funciona para poder ter um site de sucesso na internet.


O grande crescimento da rede mundial de computadores devido a popularização dos computadores e internet nos últimos anos, tem facilitado a inserção de milhares de novos usuários todos os dias na internet.

Segundo estudos realizados e já publicados a maioria das pessoas inicia a navegação na internet através de algum site de busca.

Deste modo esse número tão grande de pessoas procurando informações e realizando pesquisas todo o tempo na internet, trás um grande desafio aos desenvolvedores web sites: A conquista do melhor posicionamento possível nos resultados apresentados pelos mecanismos de busca.

Afinal o sucesso ou fracasso de um site, está geralmente relacionado com a indexação e relevância nos principais e mais importantes mecanismos de busca da web.

O Google é atualmente um dos principais mecanismos de busca na internet, seus bancos de dados são compostos não apenas de solicitações enviadas pelos seus autores, mais também de informações captadas através de programas chamados de Crawler ou spiders(aranhas).
Tais “robôs” vasculham a Internet visitando os sites, lendo seu conteúdo e seguindo seus links para outras páginas.

O Google classifica a importância dos sites atribuindo notas de zero a dez aos mesmo, através de um algoritmo chamado Page Rank.

Atualmente não existe uma formula específica(receita pronta) para desenvolvedores de web sites seguirem uma melhor classificação no PageRank, porém existem várias dicas e sugestões para tal, alguma delas válidas outra nem tanto.

Sendo assim um melhor estudo dos robôs(crawler,spider) de busca e indexação do Google, assim como testes de otimização em diversos sites se faz necessário para concluir as melhores maneira de facilitar a indexação mais completa, rápida e relevante. E conseqüentemente uma melhor posição no resultado das buscas feitas pelos internautas




Navegue:

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *