Procuram-se: mulheres para testar uma nova máquina de orgasmo

|

Alguns e-mail que circulam na internet muitas vezes levantam suspeitas sobre a sua veracidade como é o caso do email que cita um invento que promete orgasmos múltiplos as mulheres.


Eu recebi a notícia abaixo no meu e-mail alguns dias atrás e resolvi postar aqui no TudoLink, no entanto não sei de quem é o texto original e muito menos a fonte de tal, mas boato, verdade ou mentira, a notícia é ao menos um tanto quanto engraçada…rs

Inicio E-mail:
Um cirurgião norte-americano que patenteou um invento que precipita um orgasmo iniciou um experimento clínico aprovado pelo Departamento de Alimentos e Remédios dos Estados Unidos (FDA, em inglês) e está à procura de voluntárias.

“Achei que as pessoas bateriam em minha porta para tornarem-se parte do experimento”, afirmou o doutor Stuart Meloy na quarta-feira à revista New Scientist.

Mas até o momento somente uma mulher completou o primeiro estágio do teste, com resultados aparentemente excitantes, e uma segunda concordou em participar.

Meloy, da Consultoria Piedmont de Anestesia e Dor de Winston-Salem, Carolina do Norte, espera encontrar mais oito voluntárias que queiram ter eletrodos inseridos em sua espinha e ser conectadas a uma máquina do tamanho de um marca-passo implantada sob a pele para intensificar seu prazer sexual.

A mulher que testou a máquina, casada, não tinha um orgasmo havia quatro anos. Conectada a um medidor de orgasmo, teve vários durante os nove dias em que utilizou o aparelho do doutor Meloy.

“Ela chegou a me dizer que teve o primeiro orgasmo múltiplo de sua vida utilizando o invento”, afirmou o médico.

“Você vai ter de ensinar meu marido a como fazer isso”, disse ela, segundo o inventor.

Alguns especialistas, céticos diante do procedimento, dizem que um vibrador pode trazer os mesmos resultados.

Uma implantação total do aparato custará 22 mil dólares.

Fim E-mail.

E ai você mulher? Se habilitaria a tal testes e implantes ???



Navegue:

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *