Programação-Aprender algoritmos com facilidade

|

Confira algumas dicas interessantes a respeito de como conseguir entender os algoritmos que são fundamentais para começar a programar.


Lembro da alegria quando entrei na faculdade de computação alguns bons anos atrás, bem que a alegria durou poucas semanas, até as primeiras provas de cálculos e de algoritmos, em específico as de algoritmo, pois aquelas questões de condições, “if”, “else”, “while”, “for” e recursão simplesmente não entravam na minha cabeça, ou melhor não entrava na cabeça da maioria dos alunos da turma, eram poucos que tinha uma noção ou base de programação.

Porém, o tempo foi passando e as coisas, ou melhor as condições, foram se encaixando e agora após formado a algum tempo, vejo o quanto eram fáceis aquelas provas.

Mas enfim, lembro que na época da faculdade eu li um texto falando sobre a questão de algoritmos e como um programa de computador deve funcionar, e como lembrei desse exemplo simples, nada mais justo que postar por aqui para quem é iniciante na “arte” de programa ou da criação de algoritmos possa entender um pouco melhor e claro “clarear” as idéias, afinal tudo que é novo acaba assustando um pouco no início.

O exemplo que vou citar é um exemplo extremamente simples, mas como citei anteriormente é bem interessante para iniciantes.

E para exemplificar, vamos usar os velhos telefones públicos de ficha, então vamos imaginar que você precisa fazer uma ligação de um orelhão.

Para isso você precisa:

1 – Tirar o fone do gancho;
2 – Ouvir se existe sinal de linha;
3 – Colocar a ficha;
4 – Discar o número desejado;
5 – Aguardar ser atendido;
6 – Conversar com quem atender;
7 – Desligar(Colocar o fone no gancho);

Acima como você pode ver que para realizar uma simples ligação partindo do pressuposto que estamos utilizando um telefone público e que obtivemos sucesso na liga, temos que percorrer esses 7 passos.

Porém temos que analisar as condições desses casos.

1° Condição:

1 – Tirar o fone do gancho;
2 – Ouvir se existe sinal de linha;
3 – Caso não tenha sinal devemos desligar(Colocar o fone no gancho);

2° Condição:

1 – Tirar o fone do gancho;
2 – Ouvir se existe sinal de linha;
3 – Colocar a ficha;
4 – Discar o número desejado;
5 – Telefone ocupado, ou ninguém atendeu;
7 – Desligar(Colocar o fone no gancho);
8 – Retirar a ficha do orelhão visto que a mesma não foi utilizada;

Olha só que interessante as duas condições citadas acima, elas devem ser validadas caso você crie um sistema que simule um orelhão de ficha, e caso você esqueça de programar/tratar alguma condição e o usuária resolva realizar uma operação que o sistema acabe não validando o que ele irá receber como retorno são os famosos erros de memória ou então outra mensagem qualquer de erro.

Bem esse foi exemplo simples, mas espero que tenha ajudado de alguma forma aos iniciantes na arte de desenvolver sistemas.



Navegue:
23 Comentários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *