Querer aparecer mais que os outros

|

É comum encontrar pessoas que compram, produtos e serviços, muitas vezes até mesmo endividando-se, não para suprir as suas necessidades mas sim para querer aparecer mais que os outros.


As suas escolhas e opções de compras são sempre visando uma necessidade pessoal ou da sua família? Leva em consideração os custos totais das suas compras, incluindo juros e taxas de um possível financiamento?

Parecem perguntas simples, mas muitas pessoas acabam se endividando porque querem simplesmente impressionar outras pessoas, ou seja, “querer aparecer mais que os outros”, e isso acontece mais do que imaginamos.

E um exemplo muito claro em nosso país esta relacionado aos carros, que diga-se de passagem são os mais caros do mundo e os piores quando o assunto é qualidade e segurança, isso porque, para muitos consumidores topam pagar pequenas fortunas em um novo lançamento, e assim acabar sendo o “cara” do prédio ou do bairro que foi um dos primeiros a ter aquele modelo.

Mas claro, não é somente com carros que acontece isso, o mesmo vale para roupas, tênis, sapatos, calçados em geral e também para smartfones, onde um quer aparecer mais que o outro exibindo sempre o último modelo daquele famoso smartfone que vale alguns milhares de reais, sendo que um modelo mais barato iria suprir todas as suas necessidades de telefonia e conexão.

E esse comportamento aparentemente inofensivo esconde um grande problema, o problema de comprometer mais do que se ganha e assim entrar em endividamentos que podem fugir do controle e comprometer a sua renda e qualidade de vida por muitos anos, e assim levar a sua qualidade de vida e da sua família.

Então como vemos a mania de “ostentação” de tentar viver um padrão de vida que está longe de suas possibilidades, a curto prazo pode parecer que tudo e possível, que aquela “parcelinha” cabe no bolso e que aquele juro é inofensível, mas a curto e longo prazo, caso não mude de postura, você estará comprometendo todo seu orçamento, principalmente com os juros e aquelas parcelinhas a perder de vista, e o pior, com itens e produtos que lá no fundo não lhe fazem mais feliz.

Então sempre antes de comprar algo pensa e raciocina: Será que realmente preciso deste item? Estou comprando para suprir uma necessidade pessoal da minha família, ou estou comprando algo simplesmente para impressionar outras pessoas?

Pense nisso e tenha certeza que a sua saúde financeira irá agradecer e muito!

E você o que acha do assunto? Deixe seu comentário e participe!



Navegue:
2 Comentários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *