Vinho verde portugues

|

Enviado por: Aline

Conhecer um lugar é, além de visitar os monumentos históricos, os parques e os museus, é saber um pouco sobre a sua cultura, história e cotidiano.

Um dos setores em que a cultura de um lugar melhor pode ser conhecida é sem duvida a gastronomia.

Dessa forma é que se diz que ir a Portugal e não provar o bom bacalhau regado a uma boa garrafa do vinho verde, é o mesmo de não ter conhecido Portugal.

Em se tratando de Portugal, assim como todos os países mediterrâneos, o vinho faz parte da mesa, das confraternizações e das cerimonias cotidianas.

Seja o vinho tinto ou o branco. Acontece que Portugal, tem a ainda a especialidade do vinho verde.

Um delicioso, leve e suave vinho, muito próximo de um frisante, que somente as uvas portuguesas são capazes de prover.

O vinho verde pode ser, branco, tinto ou rosé. Diferencia-se do vinho branco, uma vez que deve sempre ser servido muito fresco, além de ser provido por uma especifica qualidade de uvas verdes encontradas apenas em Portugal.

Os mais conhecidos vinhos verdes são o “Casal Garcia”, o “Gazela”, o “Mateus Rosé” e o “Calamares”.

O vinho verde português acompanha com primor os pratos portugueses, seja o bacalhau à Braz, o bacalhau com natas, o bacalhau assado diretamente na brasa, o arroz de marisco e por que não a francesinha do Porto.

Mas também este vinho pode acompanhar qualquer tipo de prato composto por frutos do mar, ou apenas ser bebido como acompanhante de doces e sobremesas.

Sem duvida a originalidade do saboroso vinho verde português é uma das grandes peculiaridades que tornam a cultura portuguesa única e ainda mais especial.

E você já teve a oportunidade de degustar um bom vinho verde português?

Essa é uma ótima dica para quando for viajar para a Europa!



Navegue:
Um comentário

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *